Meloni considera “inaceitável” ataque a sedes de poderes em Brasília

Roma (EFE).- A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, descreveu como “inaceitável e incompatível com qualquer forma de dissidência democrática” o ataque às sedes dos três poderes federais, em Brasília por milhares de apoiadores radicais do ex-presidente Jair Bolsonaro.

“O que está acontecendo no Brasil não pode nos deixar indiferentes. As imagens da invasão em sedes institucionais são inaceitáveis e incompatíveis com qualquer forma de dissidência democrática”, disse a política ultradireitista.

Meloni insistiu em suas redes sociais que “um retorno à normalidade é urgente”, além de mostrar sua “solidariedade com as instituições brasileiras”.

A ação dos bolsonaristas no domingo foi condenada unanimemente pela comunidade internacional, incluindo os Estados Unidos, a China, a União Europeia e vários governos latino-americanos. EFE