Mujica comenta ida à posse de Lula com Lacalle Pou: “Imagem é o que conta”

Montevidéu (EFE).- O ex-presidente uruguaio José ‘Pepe’ Mujica (2010-2015) disse nesta sexta-feira que “a imagem do país é o que conta”, ao ser questionado se viajar com o atual presidente, Luis Lacalle Pou, a cujo governo faz oposição, representa uma “trégua” política.

Mujica, que falou à imprensa no Hospital de Clínicas de Montevidéu quando foi se vacinar com a última dose de reforço contra a covid-19, relativizou os questionamentos sobre se recebeu o convite para acompanhar Lacalle Pou na posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva por conta de sua afinidade pessoal e política com o futuro governante brasileiro.

“Aqui a imagem do país é o que conta. São muito poucos os países que podem fazer isso e temos de cultivar isso porque ajuda, mesmo que seja simbolicamente (…) Aqui não há nada especulativo importante”, disse o ex-senador da coalizão de esquerda Frente Ampla.

Mujica, que viajará a Brasília no domingo junto com o atual presidente uruguaio, destacou que, embora “qualquer um saiba” que ele é “um velho amigo” de Lula, Lacalle Pou não depende de sua ajuda para se aproximar do futuro governante.

“Lacalle Pou não precisa de mim para fazer contatos, ele é bem grandinho e é o presidente da República, mas o bom relacionamento com o Brasil é bom para o país, neste momento é o principal cliente que temos. Acredito que isso deve ser cultivado”, refletiu. EFE