Huawei Cloud anuncia expansão na América Latina para estimular desenvolvimento na região

Rio de Janeiro (EFE).- A multinacional chinesa de tecnologia Huawei anunciou nesta quarta-feira a expansão e melhora de seus serviços em nuvem na América Latina com o objetivo de impulsionar a transformação e o desenvolvimento digital na região.


O anúncio foi feito pelo presidente da Huawei Cloud para a América Latina, Fernando Liu, que também revelou que a empresa vai inaugurar em 2023 duas áreas para a instalação de centros de dados no México e uma no Chile.


“A Huawei Cloud chegou à América Latina há três anos, e já somos o quarto maior fornecedor de serviços em nuvem da região. Ao longo deste tempo, construímos uma experiência sólida, e nosso objetivo é simplificar a jornada na nuvem nativa e alcançar mais indústrias da região”, disse Liu durante seu discurso em uma conferência regional organizada pela multinacional.

O COO de Konesh Soluciones, Marco Guillermo, participa na Huawei Cloud Latam Summit 2022. EFE/ Antonio Lacerda

Começo do Huawei Cloud Latam Summit


O Huawei Cloud Latam Summit 2022, que começou no Rio de Janeiro nesta quarta-feira, reúne especialistas e representantes de empresas durante dois dias para compartilhar experiências e avanços no setor.


Liu enfatizou que a nuvem está transformando a sociedade e que todas as tecnologias de ponta serão baseadas nela, como é o caso de NFT, blockchain, o metaverso e a realidade virtual.


“A Huawei acredita em um futuro baseado na nuvem nativa, e queremos ser líderes nesta tecnologia”, frisou.

Presidente da Huawei Cloud para a América Latina, Fernando Liu.


Segundo os dados apresentados pelo executivo, a multinacional chinesa investiu mais de US$ 22 bilhões em pesquisa e desenvolvimento (P&D) em 2021 para continuar inovando em diferentes setores, como os de saúde, meio ambiente, vendas, economia, educação, fintech e governamental.

O presidente de la Huawei Latin Cloud America, Fernando Liu. EFE/ Antonio Lacerda


Com uma estrutura de nuvem instalada em 29 regiões disponível em mais de 170 países, a Huawei também anunciou a adição de novas tecnologias à rede latino-americana entre 2022 e 2023 que a tornará mais rápida e eficiente.


Alguns exemplos são o EWS, que facilita e acelera a migração de aplicativos para a nuvem, e a implantação e o planejamento híbridos, que aumentam a velocidade da computação.


“Vamos levar a digitalização a cada pessoa, casa e organização. Queremos que nossos clientes desfrutem da jornada da nuvem nativa e possam impulsionar seu crescimento a partir dela”, concluiu.