Santander Brasil anuncia novas lideranças em três áreas do banco

São Paulo (EFE).- O Santander Brasil anunciou nesta quarta-feira a nomeação de novos vice-presidentes executivos para as áreas de atacado, coligadas e wealth management do banco espanhol no país.

O executivo Renato Ejnisman, que deixou o cargo de CEO do banco digital Next em setembro deste ano, assumirá, em janeiro de 2023, a área de atacado, liderando o Santander Corporate and Investment Banking (SCIB), segundo um comunicado ao que a Agência EFE teve acesso.

Com um PhD em física pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, e uma longa carreira no setor financeiro, Ejnisman estará à frente do relacionamento do Santander com grandes clientes corporativos e multinacionais.

O gestor, que já foi responsável pelas áreas de investimentos e atacado do Bradesco, também se encarregará no Santander de negócios como ofertas de ações e dívidas, comércio exterior e cash management, além da tesouraria e da corretora, entre outras atividades.

Ejnisman substituirá Jean Pierre Dupui, que depois de oito anos liderando o SCIB, “utilizará sua grande experiência na criação da vice-presidência executiva de Coligadas”, a partir do início do próximo ano, destaca o comunicado.

No novo cargo, Dupui será responsável pela “coordenação da estrutura de mais de uma dezena de empresas que compõem o ecossistema de negócios do banco”.

Por último, o Santander informou que o atual CEO da Santander Asset Management e presidente da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), Carlos André, assumirá a área de Wealth Management, que responde pela gestora de recursos (SAM) e pelo Private Banking.

André substituirá a partir de 1 de dezembro Alberto Monteiro, que deixa a vice-presidência executiva da área após quatro anos para se dedicar a “outras atividades profissionais e pessoais” fora do banco. EFE