Alexander Ceferin, presidente da Uefa, é candidato único ao cargo

Madri (EFE).- Alexander Ceferin, atual presidente da Uefa, não terá concorrência pelo cargo e será o único candidato ao comando da entidade após o encerramento do prazo para apresentar candidaturas, que expirou na quinta-feira.

A informação foi confirmada nesta sexta-feira pela Uefa. Em comunicado, a entidade também anunciou o nome dos candidatos a membros do Conselho que serão eleitos no 47º Congresso Ordinário da Uefa, no dia 5 de abril, em Lisboa.

Para a vice-presidência da Uefa serão candidatos o húngaro Sándor Csányi e o finlandês Ari Lahti. Para a vice-presidência da Fifa reservada às quatro associações britânicas (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales) concorrerão o inglês Debbie Hewitt e o norte-irlandês David Martin.

Os candidatos a um posto de membro ordinário o Conselho da Fifa para um mandato de quatro anos serão o português Fernando Gomes e o francês Noël Le Graët. Apenas o alemão Bernd Neuendorf se candidatou para o mandato de dois anos. EFE