Brasil perde para Camarões, mas avança em 1º e enfrentará Coreia do Sul

Lusail (EFE).- Escalado com o time reserva devido à classificação antecipada para as oitavas de final da Copa do Mundo no Qatar, o Brasil perdeu para Camarões nesta sexta-feira, por 1 a 0, um resultado que não foi suficiente para salvar a equipe africana da eliminação e que não tirou a seleção brasileira da primeira posição do grupo G devido ao saldo de gols melhor que o da vice-líder Suíça.

Nas oitavas de final, na próxima segunda-feira, a seleção brasileira vai enfrentar a Coreia do Sul, segunda colocada do grupo H, no estádio Al Bayt, em Al Khor (às 16h de Brasília).

O Brasil eoncluiu a campanha em sua chave com seis pontos e dois gols de saldo. Em partida realizada simultaneamente, a vice-líder Suíça derrotou a Sérvia por 3 a 2 e chegou à mesma pontuação, mas com um gol a menos de saldo, e vai encarar Portugal no mata-mata. Os camaroneses, com quatro pontos, e os sérvios, com apenas um, se despediram do torneio.

A derrota no estádio de Lusail, palco da final da competição, foi a sexta de Tite no comando da seleção brasileira, encerrando um período de 17 jogos de invencibilidade da equipe. O Brasil iniciou a partida como única seleção sem ter sofrido nenhum gol até então na Copa do Mundo no Qatar. Após sequer ter concedido finalizações a gol nas duas primeiras partidas, com Alisson como titular, a defesa finalmente foi vazada. Éderson, que já havia cortado um cruzamento perigoso no começo do jogo, fez grande defesa aos 47 minutos do primeiro tempo, ao espalmar a bola após cabeceio de Mbeumo, mas não conseguiu impedir o gol camaronês aos 46 minutos da etapa final.

Em cruzamento de preciso de Mbekeli pelo lado direito, Aboubakar subiu alto para marcar de cabeça o gol da vitória. O atacante, que já tinha sido amarelado ao longo da partida, recebeu o cartão vermelho por tirar a camisa na comemoração.

Não faltaram oportunidades para o Brasil para balançar as redes. Martinelli, melhor jogador do Brasil na partida, chegou perto de marcar três vezes. Aos 13 minutos do primeiro tempo, o atacante foi lançado por Fred e cabeceou bonito, mas o goleiro camaronês salvou. Nos acréscimos da etapa inicial, costurou a zaga rival e bateu forte, mas Epassy espalmou. Aos dez minutos da segunda etapa, limpou para o meio e chutou no ângulo, mas novamente parou no arqueiro, que teve ótima atuação.

Além da derrota, outro ponto negativo foi a lesão do lateral-esquerdo Alex Telles, que caiu de mau jeito em disputa pelo alto logo no início do segundo tempo, deixou o campo chorando e foi substituído por Marquinhos.

Com a escalação dos reservas e as substituições realizadas ao longo da partida, o técnico Tite já utilizou 25 dos 26 convocados para a Copa do Mundo no Qatar. O único que ainda não atuou foi o goleiro Weverton.

O lateral-direito Daniel Alves, que ainda não havia jogado nesta edição do torneio e foi titular contra Camarões, se tornou o jogador mais velho a ser capitão da seleção brasileira em um jogo de Copa do Mundo, aos 39 anos.

Ficha técnica

Camarões: Epassy; Fai, Wooh, Ebosse e Tolo; Anguissa, Kunde (Ntcham), Mbeumo (Toko Ekambi), Ngamaleu (Mbekeli) e Choupo-Moting; Aboubakar. Técnico: Rigobert Song.

Brasil: Ederson; Daniel Alves, Éder Militão, Bremer e Alex Telles (Marquinhos); Fabinho, Fred (Bruno Guimarães) e Rodrygo (Everton Ribeiro); Antony (Raphinha), Gabriel Jesus (Pedro) e Gabriel Martinelli. Técnico: Tite.

Árbitro: Ismail Elfath (EUA), auxiliado por Kyle Atkins (EUA) e Corey Parker (EUA).

Gol: Aboubakar (CAM).

Cartões amarelos: Fai, Tolo, Kunde e Aboubakar (CAM); Éder Militão e Bruno Guimarães (BRA).

Cartão vermelho: Aboubakar (CAM).

Estádio: Lusail, em Lusail. EFE