CR7 garante chegar na melhor forma para Copa e minimiza pressão

Doha (EFE).- O atacante Cristiano Ronaldo concedeu entrevista nesta segunda-feira, três dias antes da seleção portuguesa na Copa do Mundo e prometeu estar 100% fisicamente para o duelo com Gana e o restante do torneio.

“Já estou recuperado e preparado para começar o Mundial da melhor forma”, garantiu o astro do Manchester United, que perdeu parte da temporada por causa de uma lesão no quadril e de problemas musculares.

“Será minha quinta Copa, mas a responsabilidade é a mesma de quando fui morar em Lisboa aos 11 anos. Sempre tenho responsabilidade, como jogador, amigo, pai. É parte da minha vida diária. A pressão sempre é a mesma, e eu sou capaz de aguentá-la”, completou.

Envolto em polêmicas nos últimos meses, Cristiano garantiu ser orgulhoso do que fez na carreira e que não chega pressionado para disputar a Copa pela quinta vez na carreira.

“Se ainda tenho que provar algo com 37 anos e oito meses, eu me preocuparia, depois do que fiz e ganhei”, disse o luso.

Sobre as declarações que deu em entrevista à emissora britânica “Talk TV”, que o colocou em rota de colisão com o Manchester United, o atacante garantiu que não afetará a seleção lusa.

“Todos os jogadores, os funcionários, me conhecem e sabem como sou e penso. Eles me conhecem desde os 11 anos, não deixariam se influenciar pelo que dizem ou escrevem”, afirmou CR7.

O atacante português admitiu que sonha com o título mundial, no entanto, que não se trata de uma obsessão.

“Seria mágico vencer, mas não falta nada em minha vida. Já ganhei muito mais do que eu esperava. Todos temos essa ambição, mas vamos com calma. Se me dizem que vou ganhar mais títulos até o fim da carreira, seria feliz, as tenho que ficar orgulhoso de mim mesmo, de tudo o que fiz”, garantiu. EFE