Cristiano Ronaldo diz ter discutido com rival e não com técnico de Portugal

Al Rayyan (EFE).- O atacante Cristiano Ronaldo garantiu nesta sexta-feira que a discussão flagrada pela transmissão oficial, ao sair de campo no jogo entre Portugal e Coreia do Sul, pelo grupo H da Copa do Mundo, foi com um adversário e não com o técnico Fernando Santos.

“Antes da minha substituição, o jogador da Coreia me disse para sair rápido. O mandei se calar. Ele não tem essa autoridade. Não deve existir polémica, é o calor do jogo. Independentemente do que aconteceu, as coisas ficam sempre dentro de campo”, afirmou o astro, em entrevista coletiva.

A versão é a mesma que foi dada por Fernando Santos um pouco antes, ao ser questionado se CR7 havia saído de campo insatisfeito por ser substituído por André Silva aos 20 minutos do segundo tempo.

“Ronaldo disse para ele (o sul-coreano): ‘você deve estar com muita pressa para que eu saia’. Pepe, inclusive, foi para cima do coreano por isso”, disse Santos.

Portugal, com muitos reservas em campo, perdeu para a Coreia do Sul por 2 a 1, de virada, resultado que não impediu os campeões europeus de 2016 de terminarem na liderança do grupo H. EFE