Luis Enrique divulga carta de despedida da seleção espanhola

Doha (EFE).- O técnico Luis Enrique, que deixou nesta quinta-feira o comando da seleção espanhola, divulgou uma carta de despedida, em que agradece por ter sido contratado e deseja sucesso para Luis de la Fuente, que o substituirá.

“Tudo começou faz quatro anos, e como o tempo passou rápido. Só posso estar super agradecido àqueles que me contrataram duas vezes”, disse o comandante, relembrando o período em que se afastou da ‘Roja’, devido a morte da filha Xana, em 2019.

Na mensagem, além de mencionar o presidente da federação espanhola, Luis Rubiales, Luis Enrique também se dirigiu a todos os funcionários da entidade, a quem se disse grato. Além disso, o técnico desejou que o mesmo tratamento que recebeu seja dado ao sucessor.

“Resta me despedir e, nessa hora, só deixo uma pequena reflexão: o que a seleção precisa é apoio, em todo seu significado, para que Luis de la Fuente consiga tudo o que propuser”, garantiu Luis Enrique.

O técnico havia recusado proposta de renovação de contrato meses atrás, aguardando o desempenho da Espanha nesta edição da Copa do Mundo, que está sendo realizada no Qatar.

Após avançar em segundo lugar na chave que tinha Japão, Alemanha e Costa Rica, a ‘Roja’ acabou eliminada nas oitavas de final, ao ser derrotada nos pênaltis pelo Marrocos. EFE