Mandanda se torna jogador mais velho a atuar pela seleção francesa

Doha (EFE).- O goleiro Steve Mandanda, titular da França na derrota para a Tunísia por 1 a 0, pela última rodada do grupo D da Copa do Mundo, se tornou nesta quarta-feira o jogador mais velho a defender os ‘Bleus’ na história.

O jogador do Rennes atuou com 37 anos e 247 dias, superando assim o também goleiro Bernard Lama, que jogou com 37 anos e 148 em um amistoso com a Inglaterra, em setembro de 2000.

Mandanda, que nasceu no dia 28 de março de 1985, em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, estreou pela seleção francesa em 27 de maio de 2008 e, até hoje, atuou em 35 partidas pelos atuais campeões mundiais.

O goleiro, inclusive, participou do título conquistado quatro anos atrás, como um dos reservas de Hugo Lloris, que foi poupado da partida de hoje.

O titular da meta francesa, por sua vez, está a um jogo de igualar o ex-defensor Lilian Thuram como jogador que mais vezes defendeu os ‘Bleus’.

O campeão mundial em 1998 lidera o ranking com 142 partidas, uma a mais que o jogador do Tottenham, que deverá igualar a marca nas oitavas de final do Mundial. EFE