Pelé volta a ser internado; Filha tranquiliza sobre situação

São Paulo (EFE).- O ex-jogador Pelé, de 82 anos, que desde o ano passado é tratado por causa de um tumor no cólon, voltou a ser hospitalizado nesta quarta-feira, e a filha do Rei do Futebol Kely garantiu não se tratar de uma emergência.

O tricampeão mundial foi internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para uma avaliação dos resultados da quimioterapia a que foi submetido como parte do tumor detectado em setembro do ano passado, de acordo com boletim médico.

“Após avaliação médica, o paciente foi levado a um quarto comum, sem necessidade de internação em uma unidade semi-intensiva ou UTI. O ex-jogador está com pleno controle das funções vitais e condição clínica estável”, indicou o hospital.

Antes da divulgação do boletim médico, Kely Nascimento, que está no Qatar, publicou uma mensagem sobre o pai no Instagram.

“A mídia está surtando novamente. Meu pai está internado, regulando medicamento. Não estou pulando em um voo para correr lá. Os meus irmãos estão no Brasil, e eu vou no ano novo. Não tem surpresa, nem emergência,” escreveu.

Pelé foi operado no ano passado por causa do tumor no cólon, detectado durante uma bateria de exames de rotina.

Desde então, o Rei do Futebol foi submetido a um ciclo de sessões de quimioterapia, que o obrigou a ser hospitalizado diversas vezes, para acompanhamento da evolução de seu estado. EFE