Técnico de Senegal diz que vitória do Marrocos serve de inspiração

Doha (EFE).- O técnico da seleção senegalesa, Aliou Cissé, garantiu nesta segunda-feira que a vitória do Marrocos sobre a Bélgica na Copa do Mundo serve de motivação para o duelo decisivo de amanhã contra o Equador, pelo grupo A do torneio.

“É uma fonte de inspiração”, disse o comandante, sobre a partida em que os Leões do Atlas bateram os Diabos Vermelhos por 2 a 0, ontem, pelo grupo F.

O jogo de amanhã é decisivo para os senegaleses, que até podem se classificar com um empate, se ocorrer uma improvável combinação de resultados. A vitória contra o Equador, por sua vez, dá vaga certa nas oitavas, por isso, é o único resultado almejado por Cissé.

“Não podemos especular, é preciso ganhar a todo custo para seguir nessa aventura. Respeitamos o Equador, mas nos preparamos bem e esperamos conseguir a vitória”, disse o ex-jogador, em entrevista coletiva.

Cissé ainda lembrou da eliminação de Senegal quatro anos atrás, na Rússia, quando os Leões de Teranga acabaram ficando fora devido ao número de cartões amarelos, após empate em pontos, saldo de gols, gols marcados e no confronto direto com o Japão.

Na ocasião, os senegaleses foram criticados por terem se exposto e sofrido gol no fim da partida da última rodada com a Colômbia, em perdendo por 1 a 0, quando uma igualdade sem gols teria assegurado a classificação.

“Em 2018, podíamos fazer contas, agora, não. Pela frente, teremos uma equipe agressiva, que defende bem. Estamos nos jogos decisivos, mas em termos de pressão e adrenalina, é só um jogo a mais”, garantiu o técnico.

Segundo Cissé, a eliminação na Rússia aconteceu por causa de “falta de concentração”.

“Todo é jogado nos detalhes. A lição daquele jogo é que é preciso manter a concentração. Um jogo não dura 45 ou 50 minutos”, afirmou. EFE