Técnico do Uruguai se declara para comandados: “São os melhores do mundo”

Doha (EFE).- O técnico da seleção do Uruguai, Diego Alonso, fez uma verdadeira declaração de afeto aos jogadores que comanda, em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, véspera da estreia na Copa do Mundo, em duelo com a Coreia do Sul.

“Para mim, os jogadores uruguaios são os melhores do mundo, são os que defendem, são os jovens que colocam a camisa como se estivessem 100 jogos pela seleção. Isso me deixa tranquilo”, garantiu o comandante da ‘Celeste’.

“Por isso, me sinto feliz de ser técnico da seleção. Sei a categoria de jogadores que tenho. O principal é o sentimento que tem o jogador uruguaio, como se identificam, o sentido de pertencimento que eles têm”, completou Alonso.

Alonso detalhou na conversa com os jornalistas a relação que têm com os comandados, que, segundo ele, vai além do profissionalismo.

“Quando digo que os jogadores uruguaios são os melhores para mim, é porque são os meus. Meus filhos são os melhores do mundo para mim. Talvez, não tragam as melhores notas, mas ninguém os quer melhor do que eu”, disse o técnico.

Na véspera da estreia no grupo H da Copa do Mundo, o comandante dos bicampeões mundiais detalhou como está a seleção uruguaia para a disputa do torneio.

“O grupo está super bem. Dividimos a preparação em duas partes, a primeira em Abu Dhabi, onde recebemos todos os jogadores e nos preparamos mentalmente. A segunda, no Qatar, para estar aqui e começar a afinar os treinamentos, pensando nos adversários”, explicou Alonso.

O técnico uruguaio ainda falou da principal estrela do adversário na estreia, o atacante Heung Min Son, mas preferiu tirar o foco do jogador do Tottenham.

“A Coreia não é só um jogador. Respeitamos Son, mas a Coreia tem outros jogadores. É uma equipe bem treinada, com um técnico muito bom, com um bom 11”, disse Alonso. EFE