Tite admite que usar reservas contra Camarões é um risco

Doha (EFE).- O técnico Tite admitiu nesta quinta-feira que mudar a seleção brasileira para o jogo com Camarões, pela última rodada do grupo G, com a utilização de jogadores considerados reservas, como fez a França ao ser derrotada pela Tunísia, mas garantiu ter plena confiança no elenco.

“É uma oportunidade de alto nível eles competirem. É um risco? Sim, mas uma oportunidade para mostrarem toda sua qualidade”, disse o comandante, em entrevista coletiva.

Tite, que já não conta com os titulares Danilo, Alex Sandro e Neymar, todos lesionados, irá utilizar reservas depois da garantia da classificação às oitavas de final, graças as vitórias sobre Sérvia e Suíça, nas duas primeiras rodadas.

“Temos 26 atletas de altíssimo nível. Quem vai jogar? Aí, você pega o Fabinho titular no Liverpool, Ederson no (Manchester) City, Martinelli e (Gabriel) Jesus no Arsenal. É muita competição. Dou as melhores condições para que eles compitam no mais alto nível”, disse.

O auxiliar técnico da seleção, Cleber Xavier, ficou incumbido, por sua vez, de falar da situação dos três jogadores lesionados, que já tinham ausência confirmada para o jogo de amanhã e serão avaliados para as oitavas de final.

“Estão em processo de evolução, a gente traz o foco para o jogo de Camarões e, depois, entramos no processo de decisão. Já tem um projeto bem elaborado para o retorno desses atletas”, disse. EFE