Mauro Vieira. EFE/Arquivo/Rubén Peña

Israel garantiu que brasileiros deixarão Gaza assim que fronteira abrir, diz Mauro Vieira

Brasília (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou nesta sexta-feira que autoridades de Israel garantiram que o grupo de brasileiros que pediu repatriação ao governo deixará a Faixa de Gaza assim que a travessia de Rafah, que conecta o enclave palestino com o Egito, reabrir para a passagem de estrangeiros.

“Nós temos uma lista de 34 nomes que quando for aberta a fronteira terão acesso, segundo as autoridades de Israel me garantiram, ao outro lado”, declarou Vieira em coletiva de imprensa.

Os brasileiros, que estão no sul de Gaza há cerca de três semanas, foram levados para o posto fronteiriço de Rafah na esperança de conseguirem atravessar, mas isso não foi possível na véspera e tampouco nesta sexta-feira, de forma que a expectativa agora é que o repatriamento possa ocorrer durante o final de semana.

Segundo Vieira, a abertura da fronteira para a evacuação de civis depende de “múltiplos fatores” e de “inúmeras questões” que são negociadas tanto pelo Brasil como por outros países com Israel e Egito.

Há cerca de três semanas um avião da Presidência da República aguarda no aeroporto do Cairo para trazer este grupo de 34 cidadãos de volta ao país.

Após o início do conflito provocado pelo ataque do braço armado do grupo Hamas em território israelense no dia 7 de outubro, o Brasil já repatriou cerca de 1.400 cidadãos.

A grande maioria regressou ao país vindos de Israel, enquanto cerca de 30 foram evacuados da Cisjordânia. EFE