Coreia do Norte lança novo míssil no mar do Japão e aumenta tensão

Seul (EFE).- A Coreia do Norte lançou nesta quinta-feira ao menos um míssil não identificado no mar do Japão, naquele que representa o nono disparo deste tipo nos últimos 20 dias, além de um passo a mais na escalada de tensão na região.

“A Coreia do Norte disparou um míssil não identificado no mar do Leste (como é chamado pelas duas Coreias)”, indicou, em breve comunicado, o Estado Maior Conjunto sul-coreano (JCS).

O lançamento ocorre apenas uma hora depois que ao menos dez aeronaves norte-coreana realizaram manobras perto da fronteira com a Coreia do Sul, o que obrigou Seul a mobilizar aviões para um exercício de possível interceptação.

Além disso, acontece um dia depois que Pyonyang anunciou ter efetuado outro lançamento de teste de mísseis de cruzeiro em direção ao mar Amarelo.

Ontem, o presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, afirmou que estuda pedir aos Estados Unidos uma maior mobilização militar na região, se a Coreia do Norte realizar um novo teste nuclear.

O lançamento de hoje é o nono de Pyonyang desde 25 de setembro e faz parte de uma sucessão de testes que buscam colocar em prova seus sistemas de armamento nuclear tático, em resposta às recentes manobras de um porta-aviões americano nas águas da península coreana.

Analistas acreditam que o futuro reserva novos testes norte-coreanos, incluindo uma nova detonação nuclear subterrânea, que seria a primeira desde setembro de 2017.

A Coreia do Norte, que mantém as fronteiras completamente fechadas desde o início da pandemia da covid-19, aprovou, em 2021, um plano de modernização armamentista e recusou as ofertas para retomar o diálogo com Coreia do Sul e Estados Unidos.

Por sua vez, satélites detectaram que o regime norte-coreano está há meses preparado para realizar um novo teste atômico em Punggye-ri, no nordeste do território. EFE