Velório de Bento XVI supera expectativas ao receber 65 mil fiéis no 1º dia

Cidade do Vaticano (EFE).- A Basílica de São Pedro, onde repousam os restos mortais do papa Bento XVI, recebeu cerca de 65.000 fiéis nesta segunda-feira, o primeiro dos três dias do longo velório, informou o Vaticano.

Este número superou em muito as expectativas, uma vez que a delegação governamental em Roma estimava 35.000 visitantes por dia até o funeral, que será realizado em 5 de janeiro.

Esse número inicial foi ultrapassado rapidamente. Cinco horas após a abertura, mais de 40.000 pessoas já tinham visitado a exposição dos restos mortais.

Para o funeral, presidido pelo papa Francisco na próxima quinta-feira, também na Praça de São Pedro, são esperadas diariamente no Vaticano até 60.000 pessoas, de acordo com as mesmas fontes, embora estas estimativas possam ser revistas para cima.

No momento, o Vaticano confirmou que as únicas delegações oficialmente presentes serão as de Itália e Alemanha, embora o governo espanhol tenha confirmado à Agencia EFE nesta segunda-feira que a rainha emérita, Sofia, e o ministro da Presidência, Felix Bolaños, estarão presentes no funeral.

A segurança na capital italiana foi reforçada por ocasião do velório do papa emérito Bento XVI, com a presença de mais de mil agentes e o fechamento do espaço aéreo na Praça de São Pedro durante o funeral.

“O nosso objetivo é garantir a segurança daqueles que desejam prestar a sua homenagem”, disse o prefeito de Roma, Bruno Frattasi, explicando as medidas adotadas na reunião para a ordem e segurança públicas.

“Teremos pelo menos mil agentes das forças de segurança no para o funeral, não menos do que o número previsto para a véspera de Ano Novo”, disse Frattasi no final da reunião de domingo, quando confirmou que no dia do funeral “está prevista uma interdição do espaço aéreo sobre a Praça de São Pedro”.

Além disso, ao longo dos três dias de velório, haverá um destacamento de várias unidades médicas móveis e ambulâncias, assim como 500 voluntários da Defesa Civil que também terão a tarefa de organizar filas e tempos de espera.

O velório do papa emérito, que morreu em 31 de dezembro, aos 95 anos, foi aberto nesta manhã para a última despedida dos fiéis. Centenas de pessoas fizeram filas desde a madrugada para entrar na Basílica de São Pedro. EFE