López Obrador: Brasil mostrou que golpes de Estado “ficaram para trás”

Cidade do México (EFE).- O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, destacou nesta segunda-feira que as eleições no Brasil mostraram que os golpes de Estado “ficaram para trás”, ao voltar a parabenizar o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva por ter vencido o primeiro turno, realizado ontem.

Considerando 99,99% das urnas apuradas, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lula obteve 48,43% dos votos válidos, contra 43,20% do presidente Jair Bolsonaro, que tenta a reeleição. O resultado não garantiu a vitória antecipada a Lula, como previam as pesquisas de intenção de voto, e com isso os dois terão que disputar o segundo turno no próximo dia 30.

“Parabenizo todos os brasileiros, nossos irmãos e irmãs, porque foi um dia democrático e exemplar”. A época fatídica dos golpes de Estado, de tomar o poder pela força, já ficou para trás, no Brasil e em toda a América o caminho democrático é predominante”, afirmou López Obrador em sua entrevista coletiva diária.

Obrador afirmou que o Brasil deu um exemplo de como as eleições devem ser realizadas, sem acusações de fraude.

“A eleição no Brasil foi um exemplo no campo da democracia. Você não ouve nenhuma reclamação, a palavra fraude não é mencionada, os resultados são dados assim que as seções eleitorais fecham, tudo é transparente”, disse Obrador.

Embora ele normalmente diga que não gosta de comentar sobre assuntos externos, López Obrador já manifestou em algumas ocasiões sua simpatia por Lula, que assim como ele é do campo da esquerda. EFE