Putin anexará 4 territórios ucranianos na sexta-feira

Moscou (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinará nesta sexta-feira os decretos para a anexação das regiões ucranianas de Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporizhzhia, conforme anunciou hoje o Kremlin.

“A cerimônia da assinatura dos acordos para o ingresso dos novos territórios na Rússia acontecerá amanhã”, afirmou o porta-voz da presidência russa, Dmitry Peskov, em entrevista coletiva diária.

O porta-voz da presidência russa, Dmitry Peskov, em entrevista coletiva diária. EFE/POOL/Arquivo/Maxim Shemetov

O braço direito de Putin indicou que a solenidade acontecerá em um salão do palácio de governo do país, às 15h locais (9h de Brasília) e terá um discurso do chefe de Estado.

As autoridades das quatro regiões, que passaram por referendo, desembarcaram ontem à noite em Moscou, após viajarem em voo comum.

Os líderes políticos de Kherson, Volodymyr Saldo; de Zaporizhzhia, Yevhen Balytskyi; de Donetsk, Denis Pushilin; e de Lugansk, Leonid Pasetchnik; solicitaram formalmente a Putin a incorporação dos territórios pela Rússia.

Segundo os resultados divulgados hoje pelas autoridades pró-russas, com 100% das urnas apuradas, entre 87,05% e 99,23% dos eleitores nos territórios controlados parcialmente pelas tropas de Moscou, apoiaram a anexação.

A previsão é que as duas câmaras do Parlamento da Rússia aprovem formalmente os acordos para a integração dos territórios, já no início da semana que vem.

Amanhã à tarde (hora local), acontecerá na Praça Vermelha, acontecerá um ato de apoio da anexação dos quatro novos territórios.

O Kremlin divulgou que informaria mais tarde sobre a possível participação de Putin na manifestação. EFE