Putin não participará da cúpula do G20 na Indonésia, anuncia organização

Jacarta (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, não participará da cúpula de líderes do G20, que acontecerá na semana que vem, na ilha de Bali, na Indonésia, segundo divulgou nesta quinta-feira o governo do país asiático.

“Putin não estará presente, poque avisou que enviará seu ministro das Relações Exteriores (Sergey Lavrov)”, afirmou à imprensa local o ministro de Assuntos Marítimos e Investimentos da Indonésia e diretor de Eventos Organizados da reunião, Luhut Binsar Pandjaitan.

Em junho desse ano, o presidente indonésio, Joko Widodo, se reuniu com Putin, pouco depois de encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em tentativa de mediação entre os líderes das nações envolvidas em conflito no Leste Europeu.

Embora países como os Estados Unidos tenham apelado que a organização desconvidasse o líder russo, mas Widodo manteve o convite, o estendendo a Zelensky, na esperança de um encontro entre os dois em Bali.

Moscou confirmou anteriormente a presença de Putin na cúpula de líderes da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), que acontecerá no Camboja, entre amanhã e sábado.

A decisão de Putin não ir ao encontro do G20 é divulgada um dia depois do anúncio da Rússia de uma retirada da cidade de Kherson, única capital de província que mantinha sob controle na Ucrânia.

Sem o presidente da Rússia, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o da China, Xi Jinping, serão os protagonistas do encontro, que deverá ser marcado por tensões pela guerra da Ucrânia, pelas disputas por Taiwan e pelas provocações da Coreia do Norte. EFE