Rússia promete recuperar cidades perdidas durante ofensiva ucraniana

Moscou (EFE).- O Kremlin disse nesta quarta-feira que o Exército russo “recuperará” as cidades perdidas durante a ofensiva ucraniana em território anexado pela Rússia no leste e sul daquele país.

“Eles estarão com a Rússia para sempre, vamos recuperá-los”, disse o porta-voz da Presidência russa, Dmitry Peskov, em sua entrevista coletiva diária.

Peskov respondeu desta forma a pergunta de um jornalista sobre declarações do presidente russo, Vladimir Putin, durante a assinatura na última sexta-feira dos tratados de anexação com as regiões ucranianas de Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporizhzhya, nas quais disse que esses territórios ficariam para sempre com a Rússia.

Líderes russos reconhecem avanço de tropas ucranianas

O Ministério da Defesa russo mostrou no dia anterior um mapa da situação no terreno nas zonas de combate na Ucrânia, confirmando a retirada das tropas russas de várias localidades, que até agora estavam sob seu controle.

As autoridades pró-russas da região ucraniana de Lugansk reconheceram hoje uma situação “alarmante” na cidade de Svatove, devido ao avanço das tropas ucranianas.

“A situação em Svatove é alarmante, mas está sob controle”, disse o representante de Lugansk em Moscou, Rodion Miroshnik.

Também o líder interino de Donetsk, Denis Pushilin, prometeu que os pró-russos voltarão ao reduto de Lyman, que perderam no último final de semana.

“Vamos libertar Krasnyi Lyman (nome russo da cidade) e todo o território da república”, disse Pushilin, afirmando que as tropas ucranianas estão se retirando das proximidades de Bakhmut, na região de Donetsk. EFE