Sobe para 34 número de mortos por tempestade no noroeste de Nova York

Nova York (EFE).- Aumentou para 34 o número de mortos no condado de Erie, no noroeste de Nova York, como resultado da tempestade de inverno Elliot, que atingiu os Estados Unidos no fim de semana de Natal.

O político que administra a região, Mark Poloncarz, disse que foram encontrados os corpos de dois homens e uma mulher, cujas identidades não foram detalhadas. Estas três novas fatalidades se somam às 31 anunciadas no dia anterior.

Destas 31 pessoas, 17 foram encontradas na rua, sete morreram por falta de aquecimento, três foram achadas em um veículo, três morreram por problemas cardíacos e uma morreu porque o serviço médico de emergência não pôde chegar a tempo.

Entretanto, as autoridades da área continuam os trabalhos de reparação e retirada da neve, especialmente em Buffalo, capital de Erie, onde os veículos ainda não estão autorizados a viajar.

A polícia de Erie disse que 450 máquinas estão sendo usadas para limpar as ruas e o prefeito de Buffalo, Byron Brown, anunciou a abertura de onze linhas de ônibus, além do trem.

Brown explicou também que das mais de 100.000 casas que ficaram sem energia devido à tempestade, ainda há 500 casas que não tiveram a energia restaurada.

Poloncarz destacou que vários centros foram abertos para oferecer comida a pessoas que não conseguem chegar às lojas.

A virulência da tempestade no noroeste de Nova York, que deixou meia centena de mortos em todo o país, levou o presidente Joe Biden a aprovar a declaração de emergência para o estado de Nova York, a fim de proporcionar a ajuda federal necessária para aliviar os efeitos e atender às pessoas afetadas. EFE