Sobe para 39 o número de mortes causadas por tempestade em Nova York

Nova York (EFE).- O número de mortes causadas no noroeste de Nova York pela tempestade de inverno Elliot, que atingiu os Estados Unidos no fim de semana de Natal, subiu para 39, informou nesta sexta-feira Mark Polancarz, oficial político do condado de Erie, o mais afetado no estado.

Por meio do Twitter, Polancarz indicou que o escritório legista já confirmou 39 mortes, 31 delas registradas em Buffalo, principal cidade do condado, e acrescentou que todas as vítimas foram identificadas.

Além das vítimas mortais, a passagem da tempestade abriu caminho para que lojas fossem saqueadas no condado e oito pessoas foram presas como resultado desses crimes.

Buffalo começa a voltar à normalidade com a retomada de serviços básicos como a coleta de lixo a partir deste sábado, segundo antecipou seu prefeito, Byron Brown.

Os esforços de limpeza após a nevasca já custaram ao condado de Erie, segundo dados preliminares divulgados por Polancarz, US$ 5 milhões repassados a empreiteiros privados.

Além disso, o oficial também pediu aos motoristas que dirijam com cuidado enquanto os esforços de limpeza continuam.

“Ainda há equipamentos pesados ​​desobstruindo estradas, especialmente na cidade de Buffalo. Por favor, por favor, dirijam com cuidado e dêem espaço a esses veículos para operar com segurança!”, escreveu no Twitter.

A tempestade Elliot atingiu grande parte dos Estados Unidos no final de semana de Natal e já deixou mais de 50 mortos, a maioria em Nova York, além de apagões e caos em aeroportos com cancelamentos e atrasos de voos. EFE