Guterres se diz “em choque” com ataque contra instituições em Brasília

Genebra (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, declarou nesta segunda-feira que está chocado pelos incidentes ocorridos no domingo em Brasília, mas expressou confiança que o Brasil “lidará com esta situação com democracia e uma responsabilização adequada”.

“Estou em choque, mas tenho confiança no Brasil e nas suas instituições. Os brasileiros seguirão em frente e estarão à altura da situação”, afirmou o chefe das Nações Unidas paralelamente a uma conferência em Genebra sobre ajuda humanitária ao Paquistão.

Guterres disse também que aqueles que não respeitaram a lei “devem sofrer as consequências”.

Antes, o secretário-geral português já havia condenado o “ataque às instituições democráticas do Brasil” em sua conta oficial no Twitter.

Milhares de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram e depredaram o plenário do STF, o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto no domingo. O ataque durou cerca de quatro horas, até os radicais serem dispersados pelas forças de segurança. EFE