Obrador confirma reunião com líderes latinos; Lula foi convidado

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador. EFE/Mario Guzmán

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador. EFE/Mario Guzmán

Cidade do México, 7 nov (EFE).- O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, confirmou nesta segunda-feira que se reunirá na Cidade do México com vários líderes latino-americanos, entre eles possivelmente o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, entre os dias 23 e 25 de novembro para discutir a questão da integração continental. “No dia 23 … Leia mais

Sem citar Brasil, presidente argentino pede respeito à democracia em eleições

O presidente da Argentina, Alberto Fernández. EFE/Arquivo/Presidência da Argentina

O presidente da Argentina, Alberto Fernández. EFE/Arquivo/Presidência da Argentina

Buenos Aires (EFE).- O presidente da Argentina, Alberto Fernández, pediu nesta quinta-feira respeito à democracia e que os processos eleitorais em andamento na América Latina não sejam “distorcidos”, e também que seja adotada uma “linha muito dura” com aqueles que “cultivam o ódio”. Sem se referir diretamente ao segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, que … Leia mais

Cepal prevê que pobreza pode aumentar em 2023 na América Latina

San Juan de Lurigancho, em Lima, no Peru. EFE/Arquivo/Paolo Aguilar

San Juan de Lurigancho, em Lima, no Peru. EFE/Arquivo/Paolo Aguilar

Buenos Aires (EFE).- O novo secretário executivo da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), José Manuel Salazar-Xirinachs, disse nesta quinta-feira que a pobreza na região pode aumentar no ano que vem, ou pelo menos permanecer estável, dada desaceleração do crescimento do produto interno bruto (PIB) projetado para 2023. Ao ser perguntado se … Leia mais

FMI: América Latina crescerá mais que a média em 2022

O diretor de pesquisa do FMI, Pierre Olivier Gourinchas, em entrevista coletiva nesta terça-feira. EFE/Lenin Nolly

Washington (EFE).- A América Latina resistirá este ano ao forte impacto global da guerra na Ucrânia, assim como aos últimos golpes da pandemia, e crescerá 3,5%, acima da média global, mas em 2023 a região será arrastada pelos dados ruins de seus parceiros comerciais, segundo previu o Fundo Monetário Internacional (FMI). O Fundo publicou nesta terça-feira … Leia mais