Cristina Kirchner se diz vítima de “mentiras e difamações”

A vice-presidente da Aegentina, Cristina Kirchner.

A vice-presidente da Aegentina, Cristina Kirchner. EFE/Arquivo/Juan Ignacio Roncoroni

Buenos Aires (EFE).- A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, alegou nesta sexta-feira, em depoimento ao tribunal que a julga por suposta corrupção, ser vítima de “mentira, calúnia e difamação” por parte do Ministério Público, que em agosto pediu 12 anos de prisão contra ela dentro desse caso. “Quero fazer um pedido formal a este tribunal para … Leia mais