Argentina e Twitter se unem para frear ódio nas redes

EFE/Arquivo/Sascha Steinnbach

Buenos Aires (EFE).- O governo da Argentina promoverá “ações conjuntas” com o Twitter para impedir a proliferação do discurso de ódio nas redes sociais devido ao seu “recrudescimento” desde a pandemia do coronavírus, segundo informaram fontes oficiais nesta segunda-feira. O secretário de Direitos Humanos da Argentina, Horacio Pietragalla, realizou uma reunião virtual com representantes do Twitter … Leia mais