Macron diz torcer para que Deschamps continue como técnico da França

Al Khor (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, que esteve nesta quarta-feira no estádio Al Bayt, no Qatar, para assistir ao duelo entre a seleção de seu país e a do Marrocos, pelas semifinais da Copa do Mundo, comemorou a vitória dos ‘Bleus’ por 2 a 0 e a consequente vaga na decisão do torneio.

Além disso, Macron afirmou que espera que o técnico Didier Deschamps continue no comando da seleção francesa, à frente da qual está há dez anos.

“Temos que agradecer imensamente ao nosso treinador Didier Deschamps por esta equipe, que é uma mistura de várias gerações, e isso é algo formidável”, afirmou.

“Espero que ele fique”, acrescentou o presidente francês.

Macron lembrou que a final contra a Argentina, no domingo, será a terceira do técnico pela França – ele perdeu a decisão da Euro 2016 para Portugal e venceu a da Copa do Mundo de 2018, contra a Croácia.

“Não há dois sem três, Deschamps está aqui, com sua sorte e seu talento”, comentou.

“Esta equipe da França me deixa muito orgulhoso”, acrescentou Macron, que também contou ter “sofrido” durante a partida por causa da pressão de Marrocos. EFE