Richarlison compara pintura contra Sérvia a gol de voleio pelo Fluminense

Doha (EFE).- O atacante Richarlison, eleito o melhor jogador da vitória de 2 a 0 do Brasil sobre a Sérvia, afirmou nesta quinta-feira que o segundo de seus gols na partida, de voleio, foi um dos mais bonitos da carreira e o comparou a um que marcou na época em que defendia o Fluminense.

“Foi um gol muito bonito, já fiz um assim com o Fluminense”, relembrou o jogador, ao mencionar o gol de voleio que marcou na vitória de 2 a 0 do time tricolor sobre o Liverpool, do Uruguai, pela Copa Sul-Americana de 2017.

Na partida de estreia do Brasil na Copa do Mundo no Qatar, Richarlison abriu o placar aos 16 minutos da segunda etapa, após Vini aproveitar sobra e finalizar para o gol. No rebote do goleiro, o ex-jogador de Fluminense e América-MG se posicionou bem para marcar o primeiro gol da campanha brasileira no Qatar. A mesma dupla entrou em ação aos 27 minutos, quando o ex-atacante do Flamengo avançou pela esquerda e cruzou para o camisa 9 dominar e, com a bola no alto, acertar um belíssimo voleio.

“Foi um gol acrobático, um dos melhores da minha carreira, e em uma Copa do Mundo. Foi uma noite maravilhosa. Uma vitória muito bonita. Agora, faltam duas vitórias para a gente chegar ao nosso objetivo” de passar da fase de grupos”, comentou o jogador, que atualmente defende o Tottenham.

Sobre Neymar, que acabou sendo substituído por Antony devido a uma entorse no tornozelo direito, Richarlison disse que viu o companheiro de seleção a caminho do controle antidoping e colocando gelo no local da lesão.

“Precisamos dele 100% na próxima partida. Isso é o mais importante para ele. Quando voltar ao hotel, vou vê-lo”, disse o atacante. EFE